Consumo de água imprópria provoca diarreia

O distrito de Alto-Molocué norte da província da Zambézia, registou nas últimas duas semanas, um aumento de casos de diarreias tendo se registado 11 novos casos e cumulativamente foram registados 71 casos.

A informação foi avançada pelo Médico-chefe na direcção provincial de Saúde da Zambézia, Epifânio Mahagaja.

Segundo Mahagaja, felizmente todos estes casos que foram registados, nenhum resultou em óbito e do contacto feito com as autoridades de Saúde naquele ponto da província, percebeu-se que o motivo desta eclosão das diarreias deve-se ao consumo de água imprópria localizado e que não era abrangente para todo o distrito.

Como forma de controlar a situação, o sector de saúde decidiu-se criar de forma provisionada um lugar específico para o atendimento e tratamento de forma a melhorar o manejo de casos e prevenir o ciclo de reflexão. Num outro desenvolvimento, o médico chefe disse que em relação a malária a província continua a registar um aumento de casos se comparado com o ano passado, em 35.5% e uma redução de óbitos em 2% e os distritos de Quelimane, Alto- Molocué, Lugela, Gilé, Milange, Mocuba, Morrumbala Namacurra, Namarrói, Pebane, Nicoadala são tidos como os distritos que maior número de casos apresentaram e contribuíram para este aumento.

Refira-se que, neste momento o sector de saúde está a fazer a distribuição de redes mosquiteiras e brevemente irá ser realizada a terceira fase de pulverização intra-domiciliaria em sete distritos desta província.

Posted by on Setembro 22, 2015. Filed under Alto Molócue, Sociedade. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response or trackback to this entry

One Response to Consumo de água imprópria provoca diarreia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

FOOTER - RIGHT