Crise econômica afecta rádios comunitárias

Duas rádios comunitárias na província central da Zambézia estão encerradas por falta de dinheiro para pagar o consumo de energia eléctrica.

São as rádios instaladas nos distritos da Maganja da Costa e Namarroi respectivamente que também faziam a transmissão do sinal da televisão de Moçambique.

Informações na posse do Diário da Zambézia, dão conta de que as duas rádios devem a empresa Electricidade de Moçambique valores que vão até aos 100 mil meticais, dai que, por não terem pago, aquela empresa fornecedora de energia decidiu cortar, deixando assim as escuras.

Como se sabe, a responsabilidade de pagamento de energia eléctrica nas rádios comunitárias foi assumida pelo governo, mas alguns destes, não cumprem com essa obrigação.

Entretanto, o delegado do Instituto de Comunicação Social na Zambézia, Flávio Chitsondzo, explicou que a grande responsabilidade recai aos governos distritais que assumiram o compromisso para depois não cumprirem. Flávio diz que o ICS está impossibilitado de liquidar estas dividas, mas garantiu que ha contatos junto da EDM para que se defina um plano de amortização da divida.

Recorde-se que os distritos possuem rádios comunitárias que veiculam informações locais e também tem conexão com a radio pública nacional.

Posted by on Outubro 26, 2016. Filed under Destaques, Maganja da Costa. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response or trackback to this entry

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

FOOTER - RIGHT