Futuros enfermeiros abandonados em Gurué

Um grupo de 12 estagiários do Instituto de Ciências de Saúde de Quelimane(ICSQ) que se encontram em estágio no distrito do Gurué, estão entregues a sua sorte por parte da autoridade que lhes enviou.

Parte deste grupo que não quis revelar os seus nomes, e que estão a estagiar na área da Estatística Sanitária, explicou ao Diário da Zambézia que desde que foram enviados ao distrito isso na passada segunda-feira, não foram dados os respectivos subsídios de sobrevivência que suportariam as despesas durante o tempo de estágio. Apesar de estarem alojados numa das estâncias hoteleiras na chamada terra do chá eles dizem que a questão da alimentação é um problema que está a condicionar o trabalho.

Para se virarem e não morrerem a fome, alguns vivem de empréstimos numa loja vizinha do local onde estão, na esperança de que caso o dinheiro chegue nas suas mãos possam pagar. Outros, sobretudo as raparigas, “entregam-se” ao mundo da prostituição para conseguirem algum dinheiro que lhes possa ajudar a viver. Um cenário dramático que os futuros profissionais de Saúde estão a viver. Os mesmos dizem que este problema de não entrega de dinheiro antes de viajar para o estágio não é novo. Há relatos do ano passado em que colegas tiveram o mesmo problema e alguns terminaram o estágio sem que nas suas contas tivesse entrado dinheiro.

Director financeiro do ICSQ esquiva-se do assunto

Esta quarta-feira, conversamos telefonicamente com o director financeiro do Instituto de Ciências de Saúde de Quelimane, Felisberto Ernesto. Nesta conversa, Felisberto reconheceu o problema, mas não avançou muitos detalhes tendo prometido que haveria de entrar em contacto com a nossa Redacção na manhã desta quinta-feira (ontem) e isso não aconteceu, pelomenos até ao fecho desta edição. Tentamos por várias vezes contacta-lo telefonicamente este não atendeu a chamada e muito menos retornou.

Posted by on Maio 14, 2016. Filed under Destaques, Gurué, Política. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0. You can leave a response or trackback to this entry

5 Responses to Futuros enfermeiros abandonados em Gurué

  1. Isto que esta a contecer na provincia da Zambézia é muito triste os estagiarios da formação da Saúde não pode ser tratado mal eles vão servia ao povo.o governo tem dinheiro para comprar armas mais para ajudar os futuros não tem dinheiro.que tipo desse governo.os do governo que estão no poder comfião ir na Africa do Sul a panhar tratamentos.mais os pobres zambeziano eles não tem dinho more na porta do hospital por ser mal atendidos por falta dos melhores medicos e medicamentos.deve analisar isto é ver este situsção para o patrão sentir melhor dizer que tenho bom empregado que precupa de nós.

  2. Amarildo Manoco

    ºE LASTIMAVEL…..FUTUROS PLANIFICADORES A PASSAREM MAUS BOCADOS.

  3. Elidio Namarro

    Algo esta errado. Sem subsidios, sem dinheiro para alimentar.se, entretanto alojados numa instancia turistica. contraste ou incoerencia? Qual a versao do I C S Q? qual a versao da D P S Zambezia?

  4. A situação tem de ser revida urgenti

  5. Eu acho que falta de comunicação entre os estagiários e o ISCQ afim de si ultrapassar o triste cenário e garanto que será resolvido o problema que não e um problema mais sim precupacao dos futuros profissionais de saúde

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

FOOTER - RIGHT