Desporto

Zaga Two é o novo presidente do clube 1o de Maio

O jovem empresário Adélio Assane mais conhecido por Zaga Two vai a partir da tarde desta quarta-feira, assumir os destinos do Clube 1o de Maio de Quelimane.

Informações em poder do Diário da Zambézia, indicam que foi marcada para a tarde de hoje, uma Assembleia-geral extraordinária para eleger o novo presidente do clube, sabido que o anterior, Zeca Sande, renunciou o cargo há mais de duas semanas.

Uma fonte da mesa da AG que falou em exclusivo ao DZ garantiu que até as 10h desta quarta-feira, havia dado entrada apenas esta candidatura de Adélio Assane e não há dúvida que será ele o presidente do Clube 1o de Maio que milita no Moçambola.

Conteúdo em actualização

Cesário Matos e Fumo no Comando técnico dos “Locomotivas”

O Clube Ferroviário de Quelimane anunciou através da sua página nas redes sociais, a contratação da equipa técnica que vai treinar a equipa principal de futebol na próxima época desportiva.

Trata-se de Cesário Matos e Ernesto Fumo, uma dupla que esteve no 1o de Maio de Quelimane por muito tempo mas que viria a ser demitida com alegação de maus resultados. Sabe o Diário da Zambézia que Cesário e Fumo tem contrato de uma época apenas e sabe-se que os “Locomotivas” vão disputar a segunda divisão de honra, zona centro e a dupla técnica tem a missão de devolver o Ferroviário de Quelimane ao Moçambola de 2019.

Rússia 2018: Portugal e Brasil conhecem adversários esta sexta

O troféu mais cobiçado do futebol mundial estará em discussão no próximo verão na Rússia mas ainda há um longo caminho a percorrer até à final de 15 de julho em Moscovo. Esta sexta-feira, também na capital russa, as 32 equipas presentes irão conhecer os adversários na fase de grupos. Como é habitual neste tipo de sorteios, os pesos pesados recebem o estatuto de cabeça de série e encontram-se no primeiro pote de equipas.

É o caso de Portugal, campeão da Europa e terceiro no ranking da FIFA, ou do Brasil, que renasceu sob o comando de Tite e é o segundo classificado atrás apenas da Alemanha. Surpreende neste grupo a presença da Polónia, graças à sua boa fase de qualificação e à opção de não jogar amigáveis, sobretudo se tivermos em conta que foram relegadas para o pote 2 equipas como a Espanha, campeã do mundo em 2010, ou a Inglaterra, eterna potência mesmo quando os resultados não acompanham o estatuto.

Também o Peru está neste grupo, a última vez que a equipa sul-americana esteve num mundial foi em 1982 com Teófilo Cubillas a brilhar dentro das quatro linhas. No pote três encontramos a Islândia, equipa que apaixonou os adeptos do desporto rei no Euro 2016 e que se estreia no maior palco do futebol mundial. De regresso após uma longa ausência está o Egito, 28 anos depois de ter jogado o Itália 90 com o beiramarense Magdi Abdelghani a comandar o meio campo.

Já a Dinamarca, regressa após uma ausência bem mais curta, falhou apenas a presença no Brasil. Também o Irão, de Carlos Queiroz, se encontra no terceiro lote de equipas. Resta o quarto e último pote mas nem por isso se pode falar em equipas fáceis. Nigéria, Sérvia ou Japão são bem capazes de cometer uma gracinha nos relvados russos. Apesar da divisão desportiva, o sorteio terá também considerações geográficas e nenhum grupo poderá ter equipas da mesma confederação. A exceção óbvia é a Europa, que devido ao elevado número de equipas levará alguns grupos a acolher não mais que duas seleções do Velho Continente.

In: Euronews

Presidente do clube 1 de Maio abandona o cargo

O Clube 1o de Maio de Quelimane, representante da Zambézia no Moçambola, está sem presidente desde a semana passada. Conforme o documento exclusivo em poder Diário da Zambézia, Zeca Chiringa Sande, renunciou do cargo do presidente do clube, por motivos de doença que lhe apoquenta há bastante tempo.

Zeca Sande não fez um ano como Presidente do Clube zambeziano que milita no Moçambola. Aliás, a sua aparição foi sempre restrita e se calhar poucos conheciam que o Clube tem um Presidente, isso devido a forma como a estrutura está montada, sabido que o Clube 1o de Maio de Quelimane tem um patrono. A mesma carta que temos vindo a fazer menção, foi endereçada a mesa da Assembleia Geral daquele clube, com o conhecimento do patrono do Clube, David Reis e do director executivo, Francisco Graça.

Assim sendo, a mesa da AG deverá marcar uma assembleia extraordinária para eleger um novo presidente para guiar os destinos do clube.

Final do Campeonato Recreativo será em Nicoadala

A fase final do campeonato recreativo ao nível da província da Zambézia agendada para Dezembro próximo, já não se vai realizar em Mocuba, conforme tinha sido agendado pela Comissão Provincial do Futebol Recreativo.

Tudo porque o campo Migre Pires naquela autarquia está receber obras de melhoramento para acolher jogos da próxima poule de apuramento zona centro, sabido que o campeão provincial da Zambézia foi o Ferroviário de Mocuba.

Para tal, a Comissão do Futebol Recreativo decidiu realizar a prova na vila sede de Nicoadala, cerca de 35 km da capital provincial da Zambézia. Segundo explicou Nené Ribeiro, presidente da referida comissão, esta mudança de local, não vai alterar nada, porque as equipas estão preparadas para o evento. Nené explicou também que quanto as questões organizacionais, há um esforço por parte do órgão que dirige para que nada falhe.