Quem vê cara não vê coração: Paixão termina em morte

Uma jovem de nome Miriam Paula que aparenta ter 22 anos de idade, residente em Quelimane, esfaqueou até à morte um suposto apaixonado seu na última quinta-feira. O acto deu-se na residência da indiciada, algures no bairro Novo, ou seja, na casa da mãe dela.

Conforme explicou, o caso aconteceu porque a vítima que não foi revelado o seu nome teria se deslocado para a residência da Miriam como era habitual com intuito de conversar já que a mãe dela não se encontra(va).

Chegado a casa, começou o “papo” de sempre de “paixonites” mas pelos vistos, a rapariga não estava afim de brincadeiras. “Pega aqui, pega ali”, Miriam ficou irritada e foi neste momento que foi pegar numa faca e espetou o jovem. Caído, o rapaz foi evacuado ao hospital onde veio a perder a vida.

Já nas celas da Polícia da República de Moçambique, Miriam disse que estava no seu pleno direito de não falar, apenas disse que não tinha intenção de matar, mas sim, tentou defender-se, não tendo explicado no concreto se a vítima trazia arma branca também ou não.

Ver todos detalhes na edição impressa

Partilhe nas Redes Sociais

Submit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to StumbleuponSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn