Detido técnico do IPAJ na Zambézia

Um assistente do Instituto de Patrocínio e Assistência Jurídica (IPAJ) na Zambézia, está à contas com a Polícia da República de Moçambique na Zambézia acusado de corrupção passiva a uma cidadã com alegação de que iria resolver o problema que a senhora tem no Tribunal.

Este modus operandi, iria culminar com a extorsão de seis mil meticais, onde o alegado assistente judiciário alegava que podia “fazer desaparecer” o processo em alusão. O acusado diz que fe-lo na tentativa de ajudar a ré, mas infelizmente segundo ele foi mal compreendido.

Ver detalhes na edição desta terça-feira

Partilhe nas Redes Sociais

Submit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to StumbleuponSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn