Jovens embriagados estão a morrer ao volante

Tendem a subir os casos de acidentes de viação que dão entrada no Hospital Geral de Quelimane, cujos envolvidos na sua maioria são jovens particularmente do sexo masculino, tidos como os protagonistas dos acidentes, por conduziram em estado de embriagues, facto que preocupa as autoridades sanitárias.

Estas informações foram tornadas públicas pelo chefe dos Serviços de Urgência no Hospital Geral de Quelimane, Feliciano Mateus, que falava ao Diário da Zambézia, em torno deste assunto que preocupa também a sociedade. Mateus explicou que maior parte dos acidentes que dão entrada no Hospital Geral de Quelimane são causados por condutores que muitas vezes se fazem ao volante em estado avançado de embriagues, devido ao consumo excessivo de álcool, facto no qual as autoridades sanitárias dizem estar preocupadas dado ao aumento dos casos.

A fonte explicou também, que geralmente os envolvidos nos acidentes de viação são os homens e mulheres, cujo este homem ocupa o papel de condutor e a mulher o papel de ocupante. “Casos de acidente são muito relativos, uma viatura pode conter vários passageiros”- disse para depois acrescentar que, dai que uma ocorrência de acidente de viação, pode trazer quatro a cinco indivíduos do mesmo sinistro.

Questionado se os casos de acidentes de viação estão ligados sempre ao alcoolismo, Feliciano respondeu que uma percentagem dos pacientes costumam aparecer no hospital com vector alcoólico, que pode causar distracção por dormida, ou um outro incidente, mas os outros simplesmente atropelam e poem-se em fuga, daí que a situação do condutor que acidenta costuma estar relacionada ao consumo de álcool.

Partilhe nas Redes Sociais

Submit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to StumbleuponSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn