Eleições autárquicas Quelimane: MDM prepara Luís Boavida

Com o aproximar das eleições autárquicas marcadas para 10 de Outubro próximo os partidos políticos vão se definindo, embora em grande sigilo. E sabendo que Quelimane é aquele município talismã, o Movimento Democrático de Moçambique(MDM), pode estar a preparar Luís Boavida, então Secretário-geral daquele partido para ser o candidato na autarquia de Quelimane, sabido que a vida do actual presidente, Manuel de Araújo, dentro do partido na anda fácil.

Ver detalhes na edição electrónica

Camioneta derruba murro da “Adventista”

Uma viatura de aproximadamente 4 toneladas, galgou na manhã desta terça-feira(10), o passeio ao longo da Avenida Heróis de Libertação Nacional e foi derrubar o murro de vedação da Igreja Adventista do 7o Dia, próximo aos Capuchinhos.

Conforme relatos do condutor que não quis dar o seu nome, a viatura que ele conduzia perdeu os travões e a única saída que teve foi de embater-se contra aquela vedação para evitar males maiores, visto que aquela zona é movimentada e o acidente ocorreu num período de muito fluxo na estrada. O condutor explicou que não houve danos humanos, porque ele seguia sozinha na camioneta, mas também não sofreu. Até a nossa retirada, o condutor apoiado de algumas pessoas ia tentando remover a viatura.

24 horas depois do naufrágio no Chipaca: Não há meio para salvamento

Passam 24 horas após o naufrágio registado na ponte sobre o rio Chipaca que liga a localidade da Madal a cidade de Quelimane onde até então são dadas como desaparecidas 4 pessoas das 17 que estavam numa pequena embarcação. Ontem, logo após o sinistro marítimo, as autoridades haviam garantido que esforços estão sendo feitos para que as quatro pessoas desaparecidas sejam resgatadas, mas entretanto, faltam meios, neste caso embarcações para resgate.

Nem a Polícia Marítima, muito menos as autoridades do INAMAR mostram-se capazes de ir em busca dos desaparecidos, sinal de que a vida humana não conta para o governo. Na manhã desta sexta-feira, o Diário da Zambézia contactou uma fonte da Polícia Marítima para saber se havia algum sinal em termos de meios, a resposta foi negativa. “Ainda não conseguimos nada”- disse a fonte. Mas entretanto, os dirigentes desta província vão passeando pelos distritos com meios materiais.

Refira-se que há um ano, por estas alturas também registou-se um naufrágio no mesmo local o que fez com que o Conselho Municipal de Quelimane decretasse luto que culminou com o adiamento do Carnaval.

“Postagem” de Araújo sobre estradas gera críticas nas redes sociais

O Presidente da Autarquia de Quelimane, Manuel de Araújo, está sendo alvo de criticas pelas últimas publicações de imagens de estradas intransitáveis que ele próprio teria publicado nas redes sociais.

Este domingo, Araújo publicou algumas fotografias mostrando algumas vias intransitáveis ao nível dos bairros com a seguinte legenda “Cade o director de estradas e pontes?”. As reações não se fizeram esperar. Vários seguidores não o pouparam, chamando atenção de que ele é o edil eleito e o director de obras foi por ele escolhido.

Outros ainda, compararam o edil de Quelimane com Helena Taipo, governadora de Sofala, pelo populismo protagonizado. Aliás, os seus seguidores pediram para que o edil tenha na mente de que os munícipes de Quelimane não querem saber se há ou não director de Estradas e Pontes, mas sim, querem saber dele(Araújo) por ter sido eleito e neste processo de eleição ele comprometeu-se a melhorar as vias de acesso, dai que não faz sentido que ele fuja das suas responsabilidade.

Porém, importa referir que não é a primeiro vez que Araújo coloca nas redes sociais imagens ou questões atirando culpas ou questionado aos seus subordinados.

Foto: Manuel de Araujo

Autocarro do Município acidenta no Licuar

O autocarro da Empresa Municipal de Transportes de Passageiros de Quelimane, embateu num obstáculo fixo no principio da tarde desta terça-feira na zona de Licuar. Segundo contaram as testemunhas ao Diário da Zambézia, o acidente não criou feridos, mas a viatura pode ter dados materiais. Conforme se pode ver na imagem, o machimbombo da EMTPQ, foi contra uma sinalização rodoviária. Refira-se que a EMTPQ só tem dois autocarros que fazem o transporte de passageiros.