Cientistas registaram pela 1ª vez imagens de 'porco mais feio do mundo' na natureza

Pesquisadores capturaram imagens de uma espécie de porco tida como bastante rara e uma das "mais feias do mundo" na região em que o animal vive, no Sudeste Asiático. As imagens foram registadas em Java, na Indonésia, onde esses animais estão ameaçados pela caça e pelo desmatamento. Cientistas que pesquisam o habitat dessas espécies acreditavam que elas já poderiam ter sido levadas à extinção.

As imagens foram capturadas por câmeras acionadas por sensores de movimento presas em árvores. Essa espécie de porco selvagem é conhecida pelo nome inglês warty pigs, ou "porcos verruguentos" em tradução livre.

Eles sobrevivem nas florestas cada vez mais fragmentadas na ilha de Java. Após a descoberta, os pesquisadores buscarão formas de tentar proteger o habitat desses animais. Johanna Rode-Margono, do zoológico de Chester, na Inglaterra, é a líder da pesquisa. Segundo ela, toda a equipe foi surpreendida com a descoberta. Um estudo feito em 2004 nas florestas da região indicara uma redução aguda na população dessa espécie de porco selvagem. "Estávamos realmente preocupados achando que eles poderiam ter desaparecido", disse, Rode-Margono. "Para mim eles não são feios, são lindos", diz a pesquisadora.

In BBC

Partilhe nas Redes Sociais

Submit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to StumbleuponSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Pesquisadores capturaram imagens de uma espécie de porco tida como bastante rara e uma das "mais feias do mundo" na região em que o animal vive, no Sudeste Asiático. As imagens foram registadas em Java, na Indonésia, onde esses animais estão ameaçados pela caça e pelo desmatamento. Cientistas que pesquisam o habitat dessas espécies acreditavam que elas já poderiam ter sido levadas à extinção.

As imagens foram capturadas por câmeras acionadas por sensores de movimento presas em árvores. Essa espécie de porco selvagem é conhecida pelo nome inglês warty pigs, ou "porcos verruguentos" em tradução livre.

Eles sobrevivem nas florestas cada vez mais fragmentadas na ilha de Java. Após a descoberta, os pesquisadores buscarão formas de tentar proteger o habitat desses animais. Johanna Rode-Margono, do zoológico de Chester, na Inglaterra, é a líder da pesquisa. Segundo ela, toda a equipe foi surpreendida com a descoberta. Um estudo feito em 2004 nas florestas da região indicara uma redução aguda na população dessa espécie de porco selvagem. "Estávamos realmente preocupados achando que eles poderiam ter desaparecido", disse, Rode-Margono. "Para mim eles não são feios, são lindos", diz a pesquisadora.

In BBC