Falso enfermeiro no Hospital Central de Quelimane

Um cidadão que aparenta 28 anos de cidade, cuja a identidade não foi revelada, foi encontrado a prestar falsos serviços no Hospital Central de Quelimane(HCQ), na última sexta-feira.

De acordo com informações exclusivas que o Diário da Zambézia obteve, o cidadão fazia-se passar de um enfermeiro e todo ele vestido de branco, ia extorquindo alguns valores de pessoas alegando que ele podia facilitar consultas rápidas com os médicos. Sabe também o DZ das suas fontes que o falso enfermeiro tinha alguns medicamentos na sua posse.

Quando questionado pela segurança sobre o sector que trabalha concretamente, o falso enfermeiro não conseguiu explicar, situação que criou suspeita e dai, o mesmo foi levado a direcção do hospital que não o reconhece como enfermeiro. Neste momento, o falso enfermeiro encontra-se no Comando Distrital da Polícia da República de Moçambique do distrito de Quelimane inaugurado recentemente e este falso enfermeiro pode ter sido o primeiro a ser encarcerado naquela unidade policial.

Partilhe nas Redes Sociais

Submit to DiggSubmit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to StumbleuponSubmit to TwitterSubmit to LinkedIn

Um cidadão que aparenta 28 anos de cidade, cuja a identidade não foi revelada, foi encontrado a prestar falsos serviços no Hospital Central de Quelimane(HCQ), na última sexta-feira.

De acordo com informações exclusivas que o Diário da Zambézia obteve, o cidadão fazia-se passar de um enfermeiro e todo ele vestido de branco, ia extorquindo alguns valores de pessoas alegando que ele podia facilitar consultas rápidas com os médicos. Sabe também o DZ das suas fontes que o falso enfermeiro tinha alguns medicamentos na sua posse.

Quando questionado pela segurança sobre o sector que trabalha concretamente, o falso enfermeiro não conseguiu explicar, situação que criou suspeita e dai, o mesmo foi levado a direcção do hospital que não o reconhece como enfermeiro. Neste momento, o falso enfermeiro encontra-se no Comando Distrital da Polícia da República de Moçambique do distrito de Quelimane inaugurado recentemente e este falso enfermeiro pode ter sido o primeiro a ser encarcerado naquela unidade policial.